AdSenseV

sábado, 30 de dezembro de 2017

Carteira de Investimentos F&P - Performance 2017 - E claro: Bitcoins...

Nessa postagem vou mostrar o desempenho da Carteira F&P [Falcon & Profissa] neste ano, comparando com anos anteriores, além de futuras modificações que devem ocorrer na carteira.

RENDIMENTO GERAL DA CARTEIRA F&P: 24,83% (NOMINAL) / 21,43% (REAL)

Falcão feliz com seus investimentos em 2017
Falcão feliz com seus investimentos em 2017

RENDA VARIÁVEL - AÇÕES: 25,78%

O ano mais lindo da história da carteira do falcão. Lembrando que como a carteira é de longo prazo, faço questão de mostrar como foram os anos anteriores (que tinha alocações diferentes da atual):

  • 2016: 22,08% 
  • 2015: -14,63% 
  • 2014: -28,09% (Ano de aprendizado: eu ainda tinha uma carteira com elevada exposição em VALE, o que será explicado num post futuro
  • 2013: 7,40% (Comecei em maio deste ano)

Composição atual da carteira de ações: 
  • Alta alocação (7 a 8,5%): ITUB3 (Itaú), GRND3 (Grendene), ABEV3 (Ambev), WEGE3 (WEG), UGPA3 (Ultrapar), EZTC3 (Eztec), CIEL3 (Cielo)
  • Média alocação (5 a 6,5%): EGIE3 (Engie), BBSE3 (BB Seguridade), VALE3 (Vale), CVCB3 (CVC), BRFS3 (BRF)
  • Baixa alocação (4 e 4,5%): VLID3 (Valid), LEVE3 (Metal Leve)
  • Mínima alocação – “Aposta” (2,5%): RAIL3 (Rumo)

CVC terá seu percentual de alocação aumentado. VLID e BRFS terão suas alocações diminuídas, ou quem sabe até substituídas por outras, por estarem com fundamentos sob estado de alerta.
Em breve explicarei num futuro post o porquê de cada uma dessas posições com mais detalhes.


RENDA FIXA - TESOURO DIRETO: 12,41%

Ainda se beneficiando da queda da taxa de juros, obtivemos um ótimo rendimento, principalmente se comparado à inflação, que foi muito baixa este ano.

Anos anteriores:
  • 2016: 16,17%
  • 2015: 4,98%
  • 2014: 11,12% 
Composição atual da carteira de Renda Fixa: 
  • NTNB: 65%
  • Selic: 35%


PARECER DO FALCÃO PERSEVERANTE SOBRE CRIPTOMOEDAS

Falcão atento com as criptomoedas
Falcão atento com as criptomoedas

A Carteira F&P tem uma posição atual de 35% em RV e 65% em RF, mas após vários dias de muito estudo resolvi investir em criptomoedas. Seguindo os princípios de prudência, entrei com apenas 1% da carteira, divididos igualmente em Bitcoin (BTC), Etherium (ETH) e Ripple (XRP).

O "problema" é que esse valor que começou com 1% está 6 meses depois ocupando cerca de 7% da carteira! 

Esses são os rendimentos acumulados desde o final de julho até a data que escrevo essa postagem:
  • Bitcoins: 541%
  • Etherium: 243%
  • Ripple: 1168%
Rendimento acumulado total: 625,08%.

O caso do Ripple chega a ser assustador. Até o final do mês passado, ele era das 3 a que menos tinha valorizado. Esse valor multiplicou por 10 em menos de 1 mês!

Nesses mais de 5 anos de perseverança nos investimentos eu nunca passei por algo parecido. Aí fica minha dúvida atual, algo que vai ocupar minha a mente nos próximos dias:
1) Manter e considerar essa distorção da posição na minha carteira
2) Agir como um trader (algo que nunca fui) e realizar logo uma parte do que valorizou para investir na parte mais importante da minha carteira: Títulos do Tesouro e Ações e assim tentar rebalancear. 
3) Desconsiderar essa posição da carteira, comprando mais criptomoedas para apostar num futuro em que há mais bolsas negociando contratos futuros o que poderia levar a uma alta ainda maior.

A única coisa que consigo apostar hoje é que essa bolha vai estourar. E a meu ver, o maior estouro será o do bitcoin. Quanto ao momento que isso vai ocorrer é claro que eu não tenho a menor ideia.

Não posso recomendar compra ou venda. Não tenho menor ideia do que vai ocorrer. Se for entrar nessa entre com muito pouco, é a única coisa que eu poderia aconselhar: algo como 1 a 2% de sua carteira.

E nunca esqueça: A proposta da carteira F&P é uma vitória no longo prazo.

Feliz 2018! Muita paz, saúde e realizações!
E ótimos investimentos também.